Paris

O que fazer em Montmartre Paris – Sacre Couer e mais

Geralmente quando visitamos uma nova cidade buscamos fazer um Free Walking Tour. Logo que chegamos em Paris procuramos um, mas como a cidade é muito grande há vários e eles são divididos por regiões. Então decidimos fazer um em Montmartre pra visitar a Sacre Couer e outras atrações desse bairro boêmio francês.

Um Free Walking Tour consiste em encontrar um guia em algum local pré definido. Geralmente eles não pedem reserva, só aparecer e procurar pelo guia que costuma ter uma roupa mais colorida ou um guarda chuva mesmo se o dia estiver ensolarado!

Como o próprio nome diz, o tour é feito inteiramente caminhando. O guia costuma ser local, então ele nasceu e viveu ali por muito tempo e conhece os detalhes da história e lendas da região. Ao final cada participante paga qualquer valor que desejar.

Para não constranger ninguém o guia costuma passar o chapéu e uma pessoa não vê quanto a outra colocou, nem mesmo o guia. Se você está com pouco dinheiro pra viajar este é um ótimo passeio! Mas se você tiver um bom orçamento também vale a pena, afinal esses guias se esforçam pois recebem de acordo com a sua simpatia e conhecimento.

Walking Tour em Montmartre

Fizemos o Walking Tour com a Discover Walks que acontece todo sábado as 11 da manhã e dura cerca de 90 minutos em inglês saindo da estação de metro Blanche. (veja o nosso guia de Metro de Paris aqui) Já adianto que adoramos a guia (mas infelizmente não gravamos o nome dela). Se você estiver em Paris no sábado vale a pena fazer o Free Walking Tour em Montmartre com eles, mas se não puder, segue o roteiro que já é interessante!

Moulin Rouge

Em português Moinho Vermelho pois tem um grande moinho em seu teto, lembrando os velhos tempos do distrito de Montmartre. É um cabaré de 1889 (mesmo ano da Torre Eiffel), mas não no sentido pejorativo da palavra no Brasil. Cabaré é onde aconteciam os shows de dança parisienses, e o Moulin Rouge é o mais famoso deles, por isso foi o tema da música Lady Marmalade.

O Moulin Rouge foi o responsável por criar o CanCan francês e foi o primeiro local a ter luz elétrica na região. Hoje em dia ele ainda apresenta shows para turistas, mas a entrada é salgada

Moulin Rouge em Montmartre Paris

Café des Deux Moulins

Pra quem assistiu o filme Amelie Poulain vai lembrar que ela trabalhava aqui! A sobremesa mais famosa é o Creme Brulee (aproveita pra ler o post sobre comidas famosas da França) que custa em torno de 8 euros. Pra ser sincero a sobremesa aí não foi tão boa, além de cara, e o atendimento bem ruim! então só vale entrar se for muito fã do filme. Curiosidade que o café não tem nenhum moinho, mas ele fica entre dois, o do Moulin Rouge e o do Galette.

Café des Deux Moulins em Montmartre Paris

Apartamento de Van Gogh em Montmartre

Apesar de ser holandês, Van Gogh morou 2 anos com seu irmão em um pequeno apartamento aqui em Montmartre com uma incrível vista de Paris. O apartamento era tão pequeno que ambos precisavam dividir uma cama. Vários quadros foram pintados retratando esta vista. Hoje em dia só é possível ver o apartamento por fora. O apartamento fica no número 54 da rua Lepic. Há uma pequena placa ao lado da porta.

Apartamento de Van Gogh em Montmartre

Le Grenier à Pain Abbesses

Única padaria a ganhar o prêmio de melhor baguette de Paris duas vezes (em 2005 e 2010). Quem ganha o concurso vira o fornecedor oficial do presidente durante todo o ano. De acordo com a guia a baguette não é tão boa assim (já faz 11 anos que ela não ganha né), mas a padaria estava fechada na hora e não pudemos experimentar. Se você passar lá nos avise!

Le Grenier à Pain Abbesses

Le Bateau Lavoir

Um prédio com 20 estúdios usados por artistas que vêm a cidade. Seu nome significa o barco de lavar roupas, porque ele é um prédio fino e longo, e quando bate vento muito forte ele balança e range, como os antigos barcos que ficavam no Rio Sena para as mulheres lavarem roupas antigamente. Picasso trabalhou aqui e pintou seu primeiro quadro cubista no local.

Le Bateau Lavoir

Moulin de La Galette

Montmartre era conhecida por ter mais de 30 moinhos antigamente, que desempenhavam as mais diversas funções. Com o tempo estes moinhos foram sendo demolidos e hoje há somente dois deles. Esse da Galette é um original, no local onde era um Cabaré famoso e hoje é um restaurante. Vários artistas pintaram esse moinho, incluindo Van Gogh e Renoir.

Moulin de La Galette

Praça Suzanne Buisson

Parque bem arrumado de Montmartre, mas famoso por causa de uma estátua de um padre carregando sua própria cabeça. Essa estátua conta a lenda de Saint Denis, um padre que foi enviado para a região no ano 250 para catequizar os locais. Quando o imperador romano ficou sabendo mandou crucificar Saint Denis. Mas no caminho para o local da cruz os soldados se cansaram de andar e cortaram sua cabeça ali mesmo. Mas Saint Denis não se abalou, pegou sua cabeça do chão e continuou andando! Por isso Montmartre tem esse nome hoje, que significa monte dos mártires.

Praça Suzanne Buisson e a estátua de Saint Denis

Praça Marcel Bleustein

Atrás da igreja Sacre Couer de Montmartre. Essa praça é um ótimo lugar para fazer um piquenique e para tirar fotos da igreja sem a multidão que fica em frente a ela.

Praça Marcel Bleustein

Igreja Sacre Couer de Montmartre

Em portugûes Sagrado Coração. A história diz que por volta de 1800 foi criado um grupo de resistencia no local contra o ditador Napoleão. Colocaram canhões e resistiram por meses em Montmartre até que Napoleão ganhou a guerra e matou mais de 10 mil pessoas.

Para livrar os pecados do local (e também para mostrar quem mandava ali agora) construiu a igreja gigantesca que pudesse ser vista de toda a cidade! A igreja ainda usa pedras brancas que liberam calcário quando chove e a deixa brilhante!

Igreja Sacre Couer de Montmartre

Funicular de Montmartre

Após fazer esse roteiro completo, e ver a linda vista da cidade de frente a igreja você tem duas opções, descer as escadas caminhando, ou pegar o funicular de Montmartre. Você pode usar o mesmo ticket de metro para andar nele. Foi construído em 1900 e hoje carrega 2 milhões de passageiros todo ano.

Funicular de Montmartre

You may also like

1 Comment

  • Tour grátis pelo centro antigo de Barcelona - Destino de Casal

    […] E se você se interessa por esse tipo de passeio, não deixe de ler nosso post sobre o Free Walking tour de Paris, pelo bairro de Montmarte neste post: O que fazer em Montmartre Paris – Sacre Couer e mais […]

    3 de agosto de 2022 at 12:06 Reply
  • Leave a Reply